Archive for novembro \23\UTC 2011|Monthly archive page

O segredo é entender o cliente!

Isso sim é um projeto!

Olá pessoal, depois de um bom tempo volto a compartilhar nossas experiências do mundo do Casamento!

Durante este tempo, visitamos inúmeros profissionais (Cerimonialistas, Fotógrafos, Decoradores e Buffets). Imagino que relatar cada detalhe de cada profissional seria cansativo para leitura, porém seria rico em detalhes. Vou tentar resumir:

Cerimonialista:

Todas as cerimonialistas que visitamos foram extremamente atenciosas, mostraram cada detalhe dos itens inclusos na prestação de serviço e tiveram o cuidado de perguntar o que nos agradava mais ou menos. No entanto, temos ainda mais duas reuniões até o fim deste mês para definirmos realmente quem será escolhida. Não imaginava como o profissional cerimonial era tão importante em um evento, ele simplesmente é o maestro de tudo, faz com que as coisas aconteçam exatamente (ou não), como estava planejado. Por isso sou a favor de uma pessoa flexível, que saiba conversar, mas que tenha firmeza.

Fotógrafos.

Chegamos a uma conclusão que a fotografia seria o item que não abriríamos mão da qualidade, e isso representaria um custo maior, que por consequência teríamos de compensar em outra ponta. Bem, fomos a dois fotógrafos, conversamos, vimos os trabalhos e ambos são simplesmente perfeitos, ao ponto de você olhar outros trabalhos e dizer: “até eu bato uma foto melhor que esse cara!”. Além disso nos recepcionaram muito bem,  ofereceram café e água e todas as coisas para agradar o cliente, afinal faz parte da estratégia. Uma coisa que percebi é que praticamente todos têm aquela máquina Dolce Gusto, parecia até promoção.

Buffets.

Já tínhamos degustado um buffet e marcamos mais uma degustação na semana passada. O resultado foi nota 10. Fomos bem atendidos, a comida estava impecável, e todas as dúvidas foram sanadas. Então você diria: “Então porque não fechou?”. Eu fecharia, além de ser um pouco precipitado, sou ansioso, mas a Tá não, então estamos visitando e conhecendo vários profissionais  para montarmos um universo do quantitativo final de gastos do nosso casamento.

Decoração

Porque deixei a decoração para o final, porque assim como buffet e fotografia, acredito que ela tem suma importância, conseguindo dar a identidade do seu casamento, fazendo com que os convidados saibam que o casamento é do Fernando e Talita, e isso é muito bom. Partindo desta idéia, tomamos alguns cuidados em desenhar na cabeça o que imaginávamos que seria nossa decoração, afim de acertar apenas detalhes ou acatar sugestões com os profissionais, porque se você deixar tudo com eles, eles sobem o orçamento de R$1,00 para R$100.000,00, em 1 minuto.

Fomos primeiro numa decoradora que nos foi indicado, e que em Campinas é bem conceituada. Infelizmente não sabíamos que a frase dela é “não saio por menos de”. Existe coisa mais ridícula de que “não saio por menos de”. Nós sentamos, cumprimentamos e ela disse:

– Bem, Casamento no Rasen, errr, a data é 2013 né?

-Sim!

-Perai, 2013! Minha secretária deve ter confundido.

– Não, não é confusão, será em 2013!

– Mas então eu não deveria falar agora com vocês está muito longe!

Faça-me um favor! Se for possível estabelecer uma relação saudável dentro da relação cliente-fornecedor, Ótimo! assim as coisas caminham lindamente. Caso contrário: Eu pago, Você faz, e tchau! é o mínimo. Agora com uma recepção calorosa dessa, não levantamos da cadeira por educação! (Como aquela segunda voz do Chris rock do seriado Todo Mundo odeia o Chris) Eu diria: “Eu só não dei uma voadora por educação”

Mesmo que o cliente tenha um casamento para o ano 3000, acredito que o mínimo é atendê-lo educadamente, porque mesmo que falsamente, assim que ele sair de lá, vai replicar o tratamento dado na hora da reunião, seja positivo ou negativo. Com a internet, e as redes sociais, um mal atendimento, faz a sua propaganda de R$20.000,00 na sua revista de decoração preferida virar lixo.

errrr, que mais... eu já falei que também tem que ter...

Anúncios